Imagens

Associação europeia de companhias aéreas alerta para “enormes atrasos” à chegada a Lisboa

Associação europeia de companhias aéreas alerta para “enormes atrasos” à chegada a Lisboa

Em comunicado, a A4E nota que milhares de voos foram recentemente adiados no espaço comunitário por os controlos, na Portela e outros aeroportos europeus, estarem “significativamente” com menos pessoas para que sejam cumpridas as verificações fronteiriças a horas

A associação das principais companhias aéreas europeias (A4E – Airlines for Europe) alertou esta quinta-feira para os “enormes atrasos” provocados pelas filas, que chegam a quatro horas, nos controlos dos aeroportos de Portugal (em Lisboa), Espanha, França, Itália e Bélgica.

Em comunicado, a associação nota que milhares de voos foram recentemente adiados no espaço comunitário por os controlos estarem “significativamente” com menos pessoas para que sejam cumpridas as verificações fronteiriças a horas.

“Alguns passageiros perderam até os seus voos”, lê-se na informação da A4E, lamentando que durante esta época alta de viagens, os passageiros sejam “vítimas do impacto desproporcionado da implementação dos novos regulamentos da União Europeia”.

Esta regulação concentra-se no reforço de verificações.

“Os Estados-membros necessitam de tomar medidas agora para prevenir interrupções e colocar pessoal apropriado e recursos em número suficiente para proceder aos controlos requeridos”, segundo o diretor-geral da associação, Thomas Reynaert.

O mesmo responsável informou que tem abordado o problema dos “tempos desproporcionados de espera” com a Comissão Europeia e que solicitou uma “solução rápida” em nome dos passageiros e companhias aéreas europeias.

Reynaert notou que as filas, que chegam a quarto horas de espera em aeroportos como Madrid, Palma de Maiorca, Lisboa, Lyon, Paris-Orly, Milão e Bruxelas, têm “criado imagens vergonhosas de passageiros devastados frente a cabines de imigração, em filas que se estendem por centenas de metros”.

“Em alguns aeroportos, os atrasos de voos aumentaram em 300% no ano passado. Os Estados-membros têm que assumir responsabilidade por isso”, concluiu.

A associação admitiu ainda mais problemas nas próximas semanas, dado que o regulamento ainda não está totalmente implementado na União Europeia, uma vez que o prazo de seis meses para a sua execução termina a 07 de outubro.

A A4E manifestou completo apoio aos esforços comunitários para reforçar os controlos e as fronteiras externas para preservar a livre circulação no espaço Schengen, mas repetiu a incapacidade dos países em garantir os reforços suficientes para lidar com o impacto nas operações.

A associação integra a Aegean, airBaltic, Air France KLM, Cargolux, easyJet, Finnair, Icelandair, International Airlines Group (IAG), Jet2.com, Lufthansa Group, Norwegian, Ryanair, TAP, Portugal, Travel Service e Volotea.

<

p class=”wpematico_credit”>Powered by WPeMatico

A dama da Luz

Últimas

RTP

pub.

Evento

COVID-19 |Sites de Apoio

Linha SNS24 – Serviço online do SNS
SNS - Área do Cidadão do Portal SNS
Direção-Geral da Saúde – Atualiação permanente das últimas informações oficiais
Organização Mundial da SaúdeRelatórios de acompanhamento ao Covid-19
ECDC - Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças

Windy – Tempo na Foz do Guadiana

Visite

lugar-ao-sul
O que leva um conjunto de pessoas de geografias diferentes a encontrarem-se no espaço que a não tem – a web – para escreverem sobre os mais variados temas tendo apenas como farol uma posição cardeal: o Sul?
Agosto 2020
STQQSSD
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31 
%d bloggers like this:

Ao continuar a utilizar este site, concorda com a política de cookies mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Fechar