Imagens

Netanyahu ameaça expulsar Al Jazeera de Israel

Netanyahu ameaça expulsar Al Jazeera de IsraelO chefe do Executivo hebraico ameaçou na quarta-feira que vai expulsar a Al-Jazeera de Israel se não conseguir encerrar os escritórios do canal qatari em Jerusalém, acusando-o de estar a “instigar à violência” na cidade perante os recentes protestos sobre o acesso ao Monte do Templo — local sagrado de grande importância para cristãos, judeus e muçulmanos, onde há duas semanas três cidadãos israelitas de Haifa abateram dois guardas seus conterrâneos, sendo mortos num tiroteio com as forças de segurança logo a seguir.

Jerusalém está a atravessar um dos períodos mais tensos dos últimos anos, com muitos palestinianos a manifestarem-se contra a decisão das autoridades hebraicas de reforçar as medidas de segurança perto do Monte do Templo após o ataque de 14 de julho — que levou Netanyahu a ordernar a demolição de casas de palestinianos na Cisjordânia ocupada apesar de o ataque ter sido realizado por israelitas árabes.

Os protestos têm angariado cobertura assídua de muitos meios de comunicação, incluindo da Al Jazeera, que Benjamin Netanyahu acusou ontem de “continuar a incitar à violência” ao redor da esplanada das mesquitas. “Já falei várias vezes com as autoridades exigindo-lhes o encerramento dos escritórios da Al Jazeera em Jerusalém”, escreveu ontem o chefe do Executivo hebraico no Facebook. “Se isto não acontecer por causa de interpretações legais, vou trabalhar para que seja aprovada a legislação necessária que permita a expulsão da Al Jazeera de Israel.”

Para já, o canal qatari continua sem responder à ameaça. As tensões geradas com o ataque de há duas semanas subiram entretanto de tom este fim de semana, com três israelitas e quatro palestinianos mortos em confrontos na sexta-feira e no sábado na disputada cidade.

A Al Jazeera tem estado sob ataque de vários países no âmbito da crise diplomática no Golfo, após quatro Estados árabes — Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos, Bahrain e Egito — terem cortado relações com o Qatar em junho pelo que dizem ser o financiamento de grupos terrorristas pelas autoridades do país. Para retomar as relações com o Qatar, os países exigem, entre outras coisas, que a Al Jazeera seja encerrada.

Antes disso, os jornalistas do canal televisivo financiado pelo Estado qatari já estavam a enfrentar ameaças e represálias pelo seu trabalho no Egito; em 2014, os escritórios do canal no Cairo foram encerrados e três repórteres condenados a sete anos de prisão pela cobertura das manifestações de apoio à Irmandade Muçulmana.

Nesse ano, Mohammed Mursi, o Presidente que a maioria dos egípcios escolhera nas primeiras eleições livres do país em mais de três décadas (após a deposição de Hosni Mubarak durante a Primavera Árabe), foi deposto. Parte da sociedade egípcia saiu então às ruas contra o que disse ser um “golpe” para afastar o líder democraticamente eleito (que foi candidato pelo braço político da Irmandade).

No rescaldo de violentos confrontos, Abdel Fattah el-Sisi, até então chefe máximo do Exército, derrotou o seu único rival nas eleições antecipadas, Hamdeen Sabahi, tornando-se o novo Presidente do Egito. Nos meses seguintes, as autoridades prenderam centenas de alegados apoiantes da Irmandade, com muitos deles entretanto condenados à pena de morte; entre os presos contaram-se dezenas de jornalistas. Dos três repórteres da Al Jazeera condenados e presos, dois já foram libertados mas um continua atrás das grades.

<

p class=”wpematico_credit”>Powered by WPeMatico

A dama da Luz

Últimas

RTP

pub.

Evento

COVID-19 |Sites de Apoio

Linha SNS24 – Serviço online do SNS
SNS - Área do Cidadão do Portal SNS
Direção-Geral da Saúde – Atualiação permanente das últimas informações oficiais
Organização Mundial da SaúdeRelatórios de acompanhamento ao Covid-19
ECDC - Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças

Windy – Tempo na Foz do Guadiana

Visite

lugar-ao-sul
O que leva um conjunto de pessoas de geografias diferentes a encontrarem-se no espaço que a não tem – a web – para escreverem sobre os mais variados temas tendo apenas como farol uma posição cardeal: o Sul?
Agosto 2020
STQQSSD
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31 
%d bloggers like this:

Ao continuar a utilizar este site, concorda com a política de cookies mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Fechar