Imagens

Polícia chinesa detém 18 membros de culto religioso

Polícia chinesa detém 18 membros de culto religioso

Os detidos pertencem ao movimento Igreja de Deus Todo-Poderoso, criado na década de 90 com a crença de que Jesus Cristo ressuscitou no corpo de uma mulher chinesa

As autoridades chinesas prenderam recentemente 18 membros do grupo religioso Luz Oriental, também conhecido como Igreja de Deus Todo-Poderoso, depois de este ser banido por homicídio, ataques ideológicos ao Governo e outras acusações jurídicas.

O grupo ficou conhecido em maio de 2014, após membros fanáticos terem matado uma mulher num restaurante, em Zhaoyuan. A mulher, Wu Shuoyan, de 35 anos, depois de alegadamente recusar dizer o contacto de telemóvel a um dos membros do culto que a tentava recrutar, foi atacada com uma cadeira.

Zhang Lidong, o principal agressor acusado da morte de Wu, foi condenado à pena de morte, assim como a sua filha. Durante o julgamento foi incapaz de expressar qualquer ato de arrependimento ou sentimento de culpa: “Nós tínhamos de destruí-la, estava possuída por um espírito maligno”, justificou.

Desde esse assassínio, o culto, criado em 1992, é descrito como inimigo da população e do governo chinês, e centenas de membros foram detidos pelas autoridades. Nesta última operação, a polícia confiscou ainda computadores e livros de propaganda usados para recrutar novos adeptos.

Descrito pelas autoridades chinesas como um “clássico exemplo de um culto maldoso”, “que toma o nome de uma religião falsa para realizar ações que magoam outros”, o grupo é acusado de propagandear mentiras, de ameaçar a vida humana e a estabilidade social e de atacar o Governo. A Igreja do Deus Todo-Poderoso é ainda acusada de isolar os seus membros de familiares e amigos e de pressionar para que estes doem dinheiro para a causa em troca de salvação

Os seus elementos acreditam que Jesus Cristo regressou à Terra, como uma mulher chinesa, para causar o apocalipse. O seu fundador, Zhao Weishan, antigo professor de Física e única pessoa que reivindica ter mantido contacto direto com a suposta mulher, refugiou-se nos Estados Unidos onde continua a liderar o movimento.

Para além das crenças religiosas, o movimento apresenta convicções sociais e políticas, como a ideologia anticomunista, descrevendo o Governo chinês como o “dragão vermelho”.

Powered by WPeMatico

A dama da Luz

Últimas

RTP

pub.

Evento

COVID-19 |Sites de Apoio

Linha SNS24 – Serviço online do SNS
SNS - Área do Cidadão do Portal SNS
Direção-Geral da Saúde – Atualiação permanente das últimas informações oficiais
Organização Mundial da SaúdeRelatórios de acompanhamento ao Covid-19
ECDC - Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças

Windy – Tempo na Foz do Guadiana

Visite

lugar-ao-sul
O que leva um conjunto de pessoas de geografias diferentes a encontrarem-se no espaço que a não tem – a web – para escreverem sobre os mais variados temas tendo apenas como farol uma posição cardeal: o Sul?
Agosto 2020
STQQSSD
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31 
%d bloggers like this:

Ao continuar a utilizar este site, concorda com a política de cookies mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Fechar