Uncategorized

Viveiristas e pescadores da Culatra vão poder legalizar habitações

Projeto de Intervenção e Requalificação aprovado na quarta-feira viabiliza investimento de 1,5 milhões de euros na reabilitação do espaço público

Os viveiristas e pescadores da ilha da Culatra, no concelho de Faro, vão poder legalizar as suas habitações, no âmbito do Projeto de Intervenção e Requalificação realizado pela Sociedade Polis Ria Formosa, ontem aprovado por várias entidades.

“Com a aprovação do Projeto de Intervenção e Requalificação da ilha da Culatra está aberta a porta para a atribuição de licenças para casas de pescadores por um prazo de 30 anos. As habitações poderão ser transmitidas aos filhos desde que estes mantenham a atividade”, realçou o governo, em comunicado.

A aprovação do Projeto de Intervenção e Requalificação da ilha da Culatra viabiliza também um investimento até 1,5 milhões de euros na reabilitação do espaço público.

Projeto de Intervenção e Requalificação aprovado na quarta-feira viabiliza investimento de 1,5 milhões de euros na reabilitação do espaço público

Os viveiristas e pescadores da ilha da Culatra, no concelho de Faro, vão poder legalizar as suas habitações, no âmbito do Projeto de Intervenção e Requalificação realizado pela Sociedade Polis Ria Formosa, ontem aprovado por várias entidades.

“Com a aprovação do Projeto de Intervenção e Requalificação da ilha da Culatra está aberta a porta para a atribuição de licenças para casas de pescadores por um prazo de 30 anos. As habitações poderão ser transmitidas aos filhos desde que estes mantenham a atividade”, realçou o governo, em comunicado.

A aprovação do Projeto de Intervenção e Requalificação da ilha da Culatra viabiliza também um investimento até 1,5 milhões de euros na reabilitação do espaço público. [Ler …]

Opinião

Dezembro, 2020

X