Notícias Território

Praia fluvial de Odeleite vai custar 320 mil euros

A Câmara Municipal de Castro Marim anunciou hoje a aprovação da comparticipação, a fundo perdido, de 70% do valor da construção da praia fluvial da Albufeira de Odeleite pelo PO CRESC 2020, num investimento total de 320.189,39 euros.

A empreitada da construção da praia fluvial, na albufeira da barragem de Odeleite, deverá ser lançada antes do verão e contempla 6100 m2 de área, com zonas verdes, apoios de praia e uma zona de estar.

“É uma obra que vem potenciar o turismo que já existe nesta zona, muito procurada pela gastronomia e paisagem, e que vem também acabar com a utilização ilegal e insegura desta barragem para banhos, como tem vindo a acontecer”, sublinhou o presidente da Câmara Municipal de Castro Marim, Francisco Amaral.

Segundo o autarca, este é o primeiro passo previsto para no Plano de Ordenamento da Barragem de Odeleite, que estava há uma década pendente no Ministério do Ambiente.

A localização da barragem de Odeleite, junto ao IC 27, que faz atualmente a ligação entre Castro Marim e Alcoutim e, quando concluído, fará a ligação a Mértola e a Beja, “é um dos fatores chave no sucesso deste empreendimento”, sustenta a autarquia castromarinense.

“A complementaridade desta nova infraestrutura com a canoagem e outras atividades que se podem agora desenvolver na barragem de Odeleite, vem diversificar a oferta turística do concelho e contribuir para a sustentabilidade do território rural”, acrescenta-se.

A localização da praia fluvial de Odeleite prende-se com o Plano de Ordenamento de Albufeira (POAO) aprovado pela (Resolução do Concelho de Ministros n.º 54/2014), incidindo o mesmo sobre o plano de água e respetiva zona terrestre de proteção da albufeira, inviabilizando qualquer zona de lazer a jusante da barragem.

O POAO estabelece o regime de salvaguarda de recursos e valores naturais e o regime de gestão a observar na sua área de intervenção, com vista à utilização sustentável do território e definindo como prioridade na utilização da água desta barragem, o abastecimento público.

A Barragem de Odeleite, construída entre 1992 e 1998, serve para abastecimento público de água e está ligada por um túnel à barragem vizinha de Beliche, constituindo a principal infraestrutura de armazenamento de água do sotavento algarvio.

Praia fluvial de Odeleite vai custar 320 mil euros

Powered by WPeMatico