Notícias Território

Turismo de Portugal veio conhecer rota pedestre

A associação Odiana recebeu hoje uma comitiva do Turismo de Portugal que veio conhecer a Grande Rota do Guadiana. A visita surge no âmbito da sessão de apresentação do «Programa para o desenvolvimento do Cycling&Walking no Algarve», estudo no qual a Odiana prestou a sua colaboração.

​Uma comitiva de nove pessoas, do Turismo de Portugal, acompanhada pela Associação de Turismo do Algarve (ATA), veio até ao Baixo Guadiana para se aventurar na Grande Rota,não apenas conhecer, mas percorrer um breve troço da GR15 desde Almada D’Ouro até Alcaria, privilegiando o contacto com uma aldeia típica, recentemente restaurada, e as panorâmicas sobre o grande rio do sul, o Guadiana.

Esta visita surge no âmbito da apresentação do «Programa para o desenvolvimento do Cycling&Walking no Algarve», estudo no qual a Odiana tem colaborado prestando informações e esclarecimentos acerca do pedestrianismo no Baixo Guadiana,nomeadamente sobre a rede de percursos pedestres (19 percursos pequena rota, 3 concelhos – 135km’s,) e sobre a mais recente, Grande Rota do Guadiana – GR15.

O objetivo é que o estudo sirva como alavanca para o reforço da competitividade do destino e contributo para a atenuação da sazonalidade. A sessão inclui a apresentação das conclusões do Estudo «Algarve Tourism Products Develpment Plan Cycling&Walking, a realizar amanhã, 17 de Março, pelas 11h, na sede da Entidade Regional de Turismo do Algarve e conta com a presença da secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho.

O Programa para o desenvolvimento do Cycling&Walking no Algarve» é uma iniciativa do Turismo de Portugal, Entidade Regional de Turismo do Algarve, Associação de Municípios do Algarve, Agência Regional de Promoção Turística do Algarve e ANA – Aeroportos de Portugal S.A.

A GR15 tem cerca de 65 km’s de extensão, atravessa três concelhos, Alcoutim, Castro Marim e Vila Real de Santo António e viaja por dezasseis localidades cujo ex líbris é o Guadiana. Liga o litoral ao interior serrano, oferecendo ar puro, paisagem, património e km’s e km’s de turismo em plena natureza.

 

Etiquetas

Opinião

Dezembro, 2020

X