Novo livro de Fernando Pessanha

Fernando Pessanha

 

O historiador algarvio Fernando Pessanha acaba de lançar um novo trabalho intitulado “Ataques da pirataria à foz do Guadiana e a acção de António Leite, alcaide-mor de Arenilha”.  Esta investigação, originalmente publicada no vol. XL dos Anais do Município de Faro, de 2018, foi agora lançada como separata através da Editora Guadiana, de Vila Real de Santo António.

De acordo com o investigador, a publicação desta separata tem por objectivo fazer com que um assunto pouco estudado pela historiografia consiga chegar a um maior número de pessoas. Toda a gente sente uma enorme curiosidade em relação à actividade do corso e da pirataria. Porém, e ainda que saibamos que as costas do Algarve foram assoladas pela actividade pirática ao longo de toda a Idade Moderna, pouco se sabe de concreto, nomeadamente, no que se refere à foz do Guadiana, a principal via de penetração do Sudeste peninsular, defende o investigador do Arquivo Histórico Municipal António Rosa Mendes. Por outro lado, este breve trabalho pretende demonstrar que a “misteriosa” vila de Santo António de Arenilha teve muito mais dinamismo do que inicialmente se pensava. Isto, claro, em virtude do seu porto, por onde passava o tráfego de escravos e outros produtos provenientes das nossas praças do Norte de África. Por outras palavras, um paraíso fiscal para os que se dedicavam ao contrabando com vista ao mercado castelhano e por onde passavam mercadorias que faziam com que a vila fosse frequentemente atacada pela pirataria magrebina… Segundo o autor, ficam para breve duas conferências sobre este tema.

Este tema terá lugar no dia 16 de Novembro na Universidade de Sevilha, num congresso internacional sobre as Ordens Militares e a Guerra, e outra no dia 22 de Novembro, no âmbito das XXIII Jornadas de Historia de Ayamonte, onde o historiador vai participar

 

Advertisements

About the author

novodmin

%d bloggers like this: