Agressão ambiental na falésia anexa à Praia dos Tomates

Tendo por testemunha uma leitora atenta ao que acontece no Algarve, o diariOnline Região Sul, adianta que, na passada sexta feira, dia 11 de maio, a poucos dias do início da nova época balnear, uma escavação estava a ser feita, apresentado como prova provam as imagens publicadas. com a remoção de terras, foram também arrancadas raízes da vegetação autóctone.

“Fiquei estupefacta com o que vi, em cima da falésia na chamada Praia dos Tomates”, numa área abrangida pela jurisdição marítima  pertencente ao concelho de Albufeira, “um máquina escavadora e um cilindro, remexendo e cavando, numa zona protegida junto à falésia».

A nossa leitora, jurista de profissão, na denúncia que faz junto deste órgão de comunicação social, sublinha também que naquela zona nada de pode construir por ser uma zona protegida, pelo que esta intervenção configura crime à luz da legislação ambiental. Aliás, qualquer obra tem que estar devidamente identificada com uma placa, onde conste entre outros dados o seu proprietário, o tipo de edificação, a área de construção, a entidade que a autoriza, etc… o que neste caso não acontece, configurando-se à partida uma obra clandestina.

Leia mais… : Agressão ambiental na falésia anexa à Praia dos Tomates – Jornal diariOnline – Região Sul