Uncategorized

Faro volta a ter uma Comissão Consultiva para a Edição

A Câmara de Faro reativou a Comissão Consultiva para a Edição (CCE), a quem vai competir a elaboração de pareceres técnicos sobre propostas de apoio editorial que são remetidas à autarquia. A primeira reunião de avaliação já está marcada para Maio.

Assim, a Câmara de Faro vai desenvolver «uma política editorial própria, sem, no entanto, esquecer que lhe incumbe enriquecer a produção editorial, através do incentivo e apoio à edição privada», diz a autarquia farense.

Portanto «torna-se necessária a definição de regras e critérios para atribuição de incentivos», pelo que foram, agora, aprovadas «as Normas de Apoio à Edição que contemplam a criação desta Comissão Consultiva».

A presidência desta Comissão será de Paulo Santos, vice-presidente da Câmara de Faro.

A Câmara de Faro reativou a Comissão Consultiva para a Edição (CCE), a quem vai competir a elaboração de pareceres técnicos sobre propostas de apoio editorial que são remetidas à autarquia. A primeira reunião de avaliação já está marcada para Maio.

Assim, a Câmara de Faro vai desenvolver «uma política editorial própria, sem, no entanto, esquecer que lhe incumbe enriquecer a produção editorial, através do incentivo e apoio à edição privada», diz a autarquia farense.

Portanto «torna-se necessária a definição de regras e critérios para atribuição de incentivos», pelo que foram, agora, aprovadas «as Normas de Apoio à Edição que contemplam a criação desta Comissão Consultiva».

A presidência desta Comissão será de Paulo Santos, vice-presidente da Câmara de Faro. [Ler …]

Opinião

Dezembro, 2020

X