Gastão Elias foi de vela contra “wild-card” holandês – Renascença

Gastão Elias registou, esta quinta-feira, um dos resultados mais negativos, inesperados e inusitados da carreira, ao ser eliminado nos oitavos-de-final do Challenger de Scheveningen, na Holanda.

De uma eliminação ou de um objectivo falhado ninguém se safa. O problema é que o número dois nacional no “ranking” ATP (139º) e terceiro “cabeça de série” do torneio foi afastado por um “wild-card” holandês, que ocupa um modesto 336º posto na hierarquia mundial.

De seu nome Botic Van de Zandschulp, o jovem de 21 anos até começou por ser colocado no seu devido lugar pelo tenista natural da Lourinhã, que abriu o encontro com um tranquilo 6-2.

Mas Van de Zandschulp reagiria com determinação logo de seguida, fechando o segunfo “set” com um ainda mais expressivo 6-1.

Para completar o golpe de misericórdia, fecharia o encontro ao cabo de 1h41m, com um 6-3.

http://rr.sapo.pt/noticia/89262/gastao_elias_foi_de_vela_contra_wild_card_holandes?utm_medium=rss

<

p class=”wpematico_credit”>Powered by WPeMatico

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar este site, concorda com a política de cookies mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Fechar