Desporto

Lusitano de VRSA vai ter SAD

Os sócios do Lusitano Futebol Clube de Vila Real de Santo António, em Assembleia Geral, aprovaram a criação de uma SAD, com 45 votos a favor e seis contra.

A futura SAD terá um capital social de 500 mil euros. O Lusitano terá apenas 10%, sendo o restante capital de acionista privado. Segundo apurou o Jornal do Algarve, trata-se de um fundo de investimento liderado por um empresário grego radicado no Luxemburgo, com negócios em várias áreas e em diversos países, entre quais o ramo imobiliário.

O presidente e o vice-presidente da mesa da assembleia geral, António Cabrita e Pedro Tavares, respetivamente, apresentaram a demissão logo após o ato eleitoral, alegando que o projeto para o qual tinham sido eleitos passou a ser diferente, na sequência da aprovação da SAD.

O presidente da direção, Miguel Vairinhos, explicou que os futuros acionistas pretendem “apostar na formação” e levar o Lusitano aos campeonatos profissionais “o mais rápido possível”.  Em declarações àquele jornal, Vairinhos garantiu que o património do clube “será salvaguardado e nunca estará em causa, já que não foi incluído no acordo com os investidores”.

Os investidores privados comprometeram-se a abater o passivo do Lusitano, cerca de 65 mil euros, e a pagar ao clube 35 mil euros por ano. Outra das promessas é a realização de obras de remodelação no Campo Francisco Gomes Socorro.

Etiquetas

Opinião

Dezembro, 2020

X