Uncategorized

Orelha Negra, Sangre Ibérico, Miguel Ângelo, Agir e Anselmo Ralph prometem grandes Ovinoites em Beja

Orelha Negra, Sangre Ibérico, Miguel Ângelo, Agir e Anselmo Ralph são os grandes nomes das longas e intensas Ovinoites na 34ª edição da Ovibeja, entre 27 e 30 de Abril.

A Ovibeja abre, mais uma vez, os concertos de Primavera com um grande projeto da música nacional e internacional. Orelha Negra é o nome do quinteto constituído por João Gomes, Francisco Rebelo, Fred, Samuel Mira e Dj Cruzfader que dão vida a um dos projectos musicais mais empolgantes dos últimos anos.

Porque as noites de Ovibeja tendem a ser longas e intensas, a primeira noite da 34ªOvibeja encerra com o dj Señor Pelota, amante do vinil, dono de uma colecão impressionante – e invejável – que abrange territórios verdadeiramente ecléticos, do House ao Techno, do Funk ao Disco passando pelo Kraut.

A 28 de Abril, segundo dia da Ovibeja, os sons da noite cantam-se com Sangre Ibérico.

Orelha Negra, Sangre Ibérico, Miguel Ângelo, Agir e Anselmo Ralph são os grandes nomes das longas e intensas Ovinoites na 34ª edição da Ovibeja, entre 27 e 30 de Abril.

A Ovibeja abre, mais uma vez, os concertos de Primavera com um grande projeto da música nacional e internacional. Orelha Negra é o nome do quinteto constituído por João Gomes, Francisco Rebelo, Fred, Samuel Mira e Dj Cruzfader que dão vida a um dos projectos musicais mais empolgantes dos últimos anos.

Porque as noites de Ovibeja tendem a ser longas e intensas, a primeira noite da 34ªOvibeja encerra com o dj Señor Pelota, amante do vinil, dono de uma colecão impressionante – e invejável – que abrange territórios verdadeiramente ecléticos, do House ao Techno, do Funk ao Disco passando pelo Kraut.

A 28 de Abril, segundo dia da Ovibeja, os sons da noite cantam-se com Sangre Ibérico.

[Ler …]

Opinião

Dezembro, 2020

X