Imprensa Regional

PJ e GNR detêm suspeitos de roubar com arma de fogo no Baixo Alentejo

Seis homens suspeitos de ser os responsáveis por vários roubos com armas de fogo e furtos, cometidos durante o ano de 2016 no Baixo Alentejo, foram detidos numa operação conjunta da Diretoria do Sul da PJ e do Destacamento Territorial da GNR de Beja, na qual a PSP de Beja também colaborou.

Os detidos, com idades entre os 21 e os 57 anos, são os presumíveis autores de doze crimes de roubo e de sete crimes de furto.

Segundo a Polícia Judiciária, os suspeitos «recorrendo a violência física e uso de armas de fogo, atuavam sobre pessoas isoladas ou introduziam-se nos respetivos domicílios, obrigando as vítimas a entregar-lhes dinheiro, ouro, telemóveis e diversos objetos».

Noutros casos, aproveitavam o facto de não haver vigilância para arrombar portas e janelas de casas e armazéns, levando os objetos de valor que encontrassem.

Seis homens suspeitos de ser os responsáveis por vários roubos com armas de fogo e furtos, cometidos durante o ano de 2016 no Baixo Alentejo, foram detidos numa operação conjunta da Diretoria do Sul da PJ e do Destacamento Territorial da GNR de Beja, na qual a PSP de Beja também colaborou.

Os detidos, com idades entre os 21 e os 57 anos, são os presumíveis autores de doze crimes de roubo e de sete crimes de furto.

Segundo a Polícia Judiciária, os suspeitos «recorrendo a violência física e uso de armas de fogo, atuavam sobre pessoas isoladas ou introduziam-se nos respetivos domicílios, obrigando as vítimas a entregar-lhes dinheiro, ouro, telemóveis e diversos objetos».

Noutros casos, aproveitavam o facto de não haver vigilância para arrombar portas e janelas de casas e armazéns, levando os objetos de valor que encontrassem. [Ler …]

Opinião

Novembro, 2020

X