Global

Porto de Huelva a crescer mais de 14% até novembro

Segundo jornal Huelva Información, o Porto de Huelva terá este ano tem batido o próprio recorde de tráfego. O saldo de novembro do ano passado, recentemente divulgado, confirma a tendência de  que vai estar entre os primeiros portos de todo o sistema portuário espanhol.

 

Assim, nos primeiros onze meses do ano, o tráfego em porto onubense cresceu 14,19%, valor em linha com o registado nos meses anteriores. É a evolução interanual a que  marca a meta clara ao se aproximar dos 31 milhões de toneladas, algo que será conseguido se for repetido o tráfego alcançado em dezembro do ano passado, o que pode ser viável.


Mais uma vez são produtos petrolíferos a definir o ritmo do movimentos das instalações portuárias onubenses, com mais de 22,4 milhões de toneladas a confirmar. Os movimentos nas docas de Cepsa, estão a crescer em todos os casos acima de 12% e impulsionam a diferença em relação ao mesmo período, acima de 2,7 milhões de toneladas por ano.

Também os granéis sólidos apresentam um desempenho mais notável com crescimento de 16,5%.  Tem relevância o arranque das instalações dos Terminais Impala que dão um maior impulso com o tráfeco de minerais, especialmente cobre. Este ano, atingiram os objectivos do milhão de toneladas.  A consolidação da Decal e da Atlantic Copper também têm boa influência neste comportamento.

O que não se afigura bem é a secção de pesca com um declínio de 12% nas capturas (que será aumentado com a extensão do encerramento dos bancos de ameijoa chilra no Golfo de Cádis) e um 3, 72% do valor de leilão.

O que merece um capítulo especial é o movimento de contentores que, nos últimos onze meses tem aumentado o valor em mais de 53%.

O compromisso firme da autoridade portuária de Huelva para o futuro do seu tráfego e da variação aponta para uma medida, já alcançada até à data, de 11,398 TEUs.

Daí a importância da área de logística Majarabique que, se não ocorrem mais atrasos, ficará operacional depois do próximo verão.Esta infra-estrutura, em conjunto com a entrada em funcionamento do terminal ferroviário, está prevista para estar operacional em meados de Janeiro próximo. Servirá para dar um grande impulso nas reivindicações portuários de entrar nos canais de distribuição das instalações mais importantes do país vizinho, como estruturas de crescimento sustentável.

Source: Los tráficos en el Puerto crecen más de un 14% hasta noviembre

Opinião

Novembro, 2020

X