Posto de Turismo de Monte Gordo em risco


josé-estêvão-cruz
José Estêvão Cruz

 

A Agência Portuguesa do Ambiente notificou a Comissão Executiva da Região de Turismo do Algarve de que irá proceder à demolição do actual Posto de Turismo de Monte Gordo a partir do dia 27 de Novembro próximo.

Avisou também que deve proceder à remoção de todos os bens que se encontram no interior daquela construção, bem como de que deve rescindir os contratos de fornecimento de água, electricidade e telefone.

Diz a APA que a medida se insere no Plano da Praia de Monte Gordo, de acordo com uma resolução do Conselho de Ministros de Outubro de 2016, no âmbito do Plano de Ordenamento da Orla Costeira, aprovado no ano de 2005.

A demolição deste posto de turismo da RTA existente na praia de Monte Gordo praticamente desde o início do turismo organizado e que se encontra ligado à rede de informação turística regional e nacional, abre uma lacuna no apoio aos turistas que visitam Monte Gordo e uma desigualdade em relação a outros concelhos algarvios.

Isto porque não se conhecem medidas por parte da RTA de instalação de um novo posto de turismo com as valências do existente e porque a câmara municipal de Vila Real de Santo António, a todos os pedidos de informação sobre que medidas pretende tomar para que esta estrutura não desapareça daquela praia, tem manifestado indiferença, como se também não lhe coubesse uma quota parte na luta pela manutenção activa daquela estrutura.

Seria interessante que a Região de Turismo do Algarve e a autarquia vila realense apresentassem publicamente os seus pontos de vista e esclarecessem se pretendem ou não colocar um ponto final à existência de um posto de Turismo na Praia de Monte Gordo.