Europa Notícias

Um século a cortar despesa pública na zona euro

Os cálculos são do Expresso: só em 2117 a regra de Maastricht que diz que a dívida pública dos países do euros tem que estar abaixo de 60% do PIB seria cumprida, se todas as previsões do Fundo Monetário Internacional (FMI) se mantivessem. Uma trajetória mais que improvável, dado histórico de falhanços da instituição, a instabilidade que marca a economia mundial e as crises cíclicas das economias capitalistas.

Para além dos riscos associados, as previsões assumem excedentes orçamentais primários na ordem dos 3% do PIB, algo que nenhum país europeu registou durante um período de tempo tão longo. Isto obriga a uma política de permanente aperto da despesa pública e pressupõe um crescimento económico constante.

./AbrilAbril

A dama da Luz

Últimas

pub.

Evento

COVID-19 |Sites de Apoio

Linha SNS24 – Serviço online do SNS
SNS - Área do Cidadão do Portal SNS
Direção-Geral da Saúde – Atualiação permanente das últimas informações oficiais
Organização Mundial da SaúdeRelatórios de acompanhamento ao Covid-19
ECDC - Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças

Windy – Tempo na Foz do Guadiana

Visite

lugar-ao-sul
O que leva um conjunto de pessoas de geografias diferentes a encontrarem-se no espaço que a não tem – a web – para escreverem sobre os mais variados temas tendo apenas como farol uma posição cardeal: o Sul?
%d bloggers like this:

Ao continuar a utilizar este site, concorda com a política de cookies mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Fechar