Quatro torres de 11 pisos previstas en Punta Umbría paralizadas pela justiça

Um providência cautelar impede a execução de uma deliberação que permite edificar 172 moradias e quatro torres de 11 pisos. O projecto foi aprovado com votos favoráveis do PP e do PSOE, informa o jornal «Diário de Huelva».

A providência cautelar foi apresentada pelo líder da oposição e presidente de Unidos Por Punta Umbría (UPU),  José Carlos Hernández Cansino, já que, em sua opinião, está violado artigo 75 da Lei de Ordenamento Urbanístico da Andaluzia (LOUA).

Source: Un juez paraliza las cuatro torres de 11 pisos previstas en Punta Umbría – Diario de Huelva